Quando você vira refém da sua própria barba

Quando você vira refém da sua própria barba

Até que ponto nós estamos reféns de uma barba como forma de ter uma certa aceitação na sociedade?

No caso da barba não seria só por aceitação. Tem também a praticidade de já estar acostumado com o estilo da sua barba. Você já sabe o que funciona e não quer ter trabalho pra mudar.

Existe também o medo de errar na hora de aparar em casa ou de deixar a barba nas mãos de um barbeiro.

Em algum momento a gente bota na cabeça que nossa barba não fica bem de outro jeito e faz de tudo pra mantê-la como está, mesmo querendo mudar o estilo.

No fim das contas a gente pode ficar refém de várias maneiras. 

Perguntei pros barbudos inscritos no Canal Sobrebarba no YouTube se eles já tinham se sentido, de alguma forma, reféns da própria barba e troquei uma ideia de como podemos nos livrar dessas amarras.

Tem muitos relatos interessantes e eu aposto que você vai se identificar com alguns deles:

Clica aí no botão vermelho e se inscreve no canal:

 
Samuel Tonin

Samuel Tonin

Um nerd que curte escrever umas paradas, editar uns vídeos, tomar uns cafés, passar dias de chuva jogando videogame e fundador da Sobrebarba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *