A Diferença Entre Shampoo de Barba e de Cabelo

A diferença entre um shampoo para barba e um pra cabelo

O seu cabelo e a sua barba não são a mesma coisa. Assim com o a pele do seu rosto é bem diferente do couro cabeludo.

Por essas e outras que um bom shampoo para cabelo pode não fazer bem pra sua barba.

Barbudo na cachoeira

Mas afinal, quais são essas diferenças e porque usar um shampoo especificamente para barba é importante?


As diferenças entre barba e cabelo

Elas são muitas, desde a estrutura do fio até o modo como eles reagem a certos produtos. Por isso é muito difícil que um shampoo 2 em 1 que seja tão bom tanto para os fios do cabelo quanto para os da barba.

Mas antes de entrarmos na diferença entre os shampoos, é melhor entender um pouco o que diferencia o cabelo que você tem na sua cabeça dos pelos que nascem no seu rosto:

Formato dos fios: Cada tipo de cabelo tem um formato diferente. Quanto mais cilíndrico, mais liso e quanto mais achatado, mais encaracolado. É uma característica própria do fio e que não muda com o tempo.

Formato dos fios

Os fios da barba, em geral, são mais achatados que os fios do cabelo. Por isso é mais provável que a barba tenha os fios mais encaracolados, ou enrole com mais facilidade, mesmo que você tenha um cabelo liso.

Espessura: Os fios da barba costumam ser mais grossos que os fios do cabelo e tendem também a ficar ressecados com mais facilidade. Por isso você pode ter um cabelo oleoso e até mesmo uma pele oleosa no rosto e mesmo assim sua barba ser ressacada. Quanto maior a barba, de mais hidratação ela vai precisar. Um shampoo para barba tem de levar isso em conta e ser muito mais emoliente.

Couro cabeludo X pele do rosto: Talvez esteja aí a maior diferença entre os dois. Cuidar bem do cabelo ou da barba é cuidar bem da pele que está embaixo dos fios. E este cuidado é totalmente diferente de um para o outro. O poder de remoção do excesso de oleosidade em um shampoo para cabelo pode ressecar muito a pele do rosto.


Por que usar um Shampoo de Barba

Por conta do formato e da espessura diferentes entre o cabelo e a barba, um shampoo indicado para lavar a barba precisa ter um poder de hidratação bem mais potente e concentrado.

Barbudo jogando o shampoo de barba pra cima

Além disso, porque a pele do rosto é diferente do couro cabeludo, o shampoo de barba não pode ter na fórmula tensoativos comuns a shampoos convencionais. Estes tensoativos são os responsáveis por remover o excesso de oleosidade do couro cabeludo e dar uma sensação de limpeza por mais tempo. Só que se usados no rosto eles podem ressecar demais a pele e até causar descamação.

Sabe aquela “caspa” que aparece em muita barba por aí? Ela pode ser causada pela pele do rosto ressecada e descamando. Por isso é importante evitar shampoos convencionais no rosto e optar por um produto específico para essa região, não importa o seu tipo de barba. 


Livre de Sulfato

O sulfato (ou “Lauril Sulfato de Sódio”), é um tipo de sal muito comum em shampoos convencionais de cabelo. Ele tem a função de fazer espuma e também limpar o couro cabeludo removendo a oleosidade. Só que, no rosto, ele pode remover uma parte importante da hidratação natural. 

Este é um dos motivos de termos eliminado completamente o sulfato da formulação do nosso shampoo. Assim ele fica ideal para os fios mais secos e ressecados da barba.

Os dois shampoos de barba Sobrebarba

Resumindo: um bom shampoo de barba hidrata mais, não tem tensoativos e, de preferência, é também livre de sulfatos, com a fórmula pensada para ser usada no rosto e não no couro cabeludo. 

Se quiser saber um pouco mais sobre as vantagens de se usar um shampoo ou condicionador específicos para a barba, tem mais este outro post aqui no blog com mais detalhes sobre como foi o processo de criação e testes antes do lançamento.

E pra conferir a função de cada um dos produtos Sobrebarba e conhecer algumas dicas e modo de usar é só clicar aqui.

Samuel Tonin

Samuel Tonin

Um nerd que curte escrever umas paradas, editar uns vídeos, tomar uns cafés, passar dias de chuva jogando videogame e fundador da Sobrebarba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *